Morreu Odete Gaspar

Publicado em 28-10-2005

Odete Gaspar faleceu na madrugada de sexta-feira, 28 de Outubro, em Samora Correia. Foi uma mulher de cultura que esteve na fundação da Biblioteca da Fundação Calouste Gulbenkian na nossa terra em colaboração com o seu marido Carlos Gaspar e a sua filha Marília Gaspar, ambos já falecidos.

Odete Gaspar tinha 77 anos e sofria de doença prolongada. A morte já era esperada, mas mesmo assim foi muito sentida na comunidade samorense. Na sexta-feira, a sua memória foi evocada na tomada de posse da assembleia e da junta de freguesia de Samora Correia. Odete Gaspar foi considerada um símbolo e uma referência da cultura de Samora e da dedicação às causas nobres. Foi homenageada com a medalha do Foral de Samora e deu o nome, em conjunto com o marido, à biblioteca municipal instalada no Palácio do Infantado.

O funeral realizou-se no sábado de manhã e contou com dezenas de pessoas, entre os quais os autarcas de Samora e do concelho de Benavente.