Samora Correia



Samora Correia é uma freguesia portuguesa do concelho de Benavente, com 322,41 km² de área e 12 826 habitantes (2001). Densidade: 39,8 hab/km².

Foi sede de concelho entre 1300 e 1836 quando foi integrado no actual município. Era constituído por uma freguesia e tinha, em 1801, 1 173 habitantes.

____________________

A cidade de Samora Correia tem existência documentada dos meados do século XIII.

Pequena embora, por circunstâncias de isolamento, pois situava-se na margem esquerda do estuário do Rio Tejo, com uma largura de 8 km, onde apareciam umas 5 ilhotas. A árida charneca naquela época, sem os recursos actuais, não favorecia a fixação humana, servindo de coutos e paraíso para as caçadas dos nobres.

A Grande Lezíria formou-se aos poucos, no século passado, graças aos valados levantados e à regularização dos esteiros. Sem vias de comunicação, as próprias estradas de terra batida eram cortadas pelas cheias regulares.

Assim, só teve grande desenvolvimento após a construção da Ponte em Vila Franca de Xira e das estradas para o resto do país, beneficiando da proximidade de Lisboa e do cruzamento de estradas.

Graças à sua actual situação de encruzilhada de estradas, o isolamento de outrora deu lugar a um grande desenvolvimento, quer agro-pecuário quer industrial, fazendo desta freguesia a mais próspera do Distrito de Santarém, e a que mais cresce demograficamente.

A pequena população inicial de 65 famílias, umas 300 pessoas passou para os 20.000 habitantes actuais.

Foi elevada a cidade em 12 de Junho de 2009.

Topo